Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

A "mãe de todas as reuniões"

14 horas. Un-freakin-believable.
 
Imaginem um dia que começa assim, plácido e sereno.
 
09h00 – working group na Câmara de Comércio da UE, basicamente para ouvir falar o “Dr. Bernhard Wiezorek”, da DB-Logistics, sobre o projecto de construção e operação de 18 terminais ferroviários de contentores espalhados ao longo da China, em exploração o mais tardar até 2011. É uma joint-venture entre a empresa chinesa estatal de transporte ferroviario de contentores, dois investidores financeiros de HK e três empresas de logistica (uma francesa, uma israelita e a DB). Giro. Na medida em que uma apresentação sobre contentores pode ser gira, evidentemente...
 
11h00 – “blind date” no Starbucks do Kerry Centre. A Joanne tinha-me pedido para me encontrar com uma jovem (34 anos vim eu a descobrir) que tinha acabado o MBA na London Business School, para ver se eventualmente poderia entrar para a Capital 8, mesmo que não fosse para já. Vendeu-ma como sendo um cruzamento entre a Zhang Zhiyi e a Gong Li para me motivar para a reunião... Conversa interessante, “ah e tal ainda não sei bem o que quero fazer, estou a pensar muito bem esta decisão, ou é consultoria ou corporate finance ou regresso à moda (trabalhou na Chanel vários anos)... parecia eu (sem a parte da moda)... “Smart and motivated” mas não sei se terá perfil para o trabalho e para a empresa.
 
E depois começa a correr mal.
 
12h00 – ainda em reunião com a Meng (era o nome da jovem), “Ah e tal João (leia-se Djáo), we’ve just finished the meeting with the investor. The boys have some decisions to make. Can you meet us at the lawyers place at 12h30?”. Yeah, sure… era no Bund, despedi-me da mocinha (como diria A. Cerqueira) e pontualmente la estava.
 
12h30pm : 02h30am - reunião
 
Ÿ           Tinha convite para jantar em “casa das arquitectas”. Foi-me prometida uma canja e um frango estufado. Em vez disso almoço nem vê-lo e jantar foi uma fatia de pizza fria que descobriram lá no escritório às 22h45m... Pizza Hut, individual, massa alta, Tropical. Eu deixei de comer a de massa alta (a chamada Pan Pizza) há cerca de 12 anos por me causar um certo mal-estar. Ontem soube-me a queijo. Da Serra.
 
Ÿ           Non-Disclosure/ Confidentiality agreement e tal, portanto a coisa explica-se em linhas gerais. Potenciais inbestidores cujo nome nao sera mencionado propuseram ao nosso cliente, que tambem ficara anonimo, um negocio às 12h30, que parecia aceitável. Das 12h30 às 20h00 estivemos a “limar arestas”, mais uma clásula ali outra acoli, muda palavra, acerta terminologia, etc... Deste negocio estava dependente um voo para Munique ontem as 23h30 e toda uma oportunidade comercial de relebo. As 20h00 os inbestidores anunciam que ja lhe parece quase tudo bem, so queriam fazer uma alteraçãozinha. A alteraçãozinha basicamente birava o acordo todo do abesso, à ultima hora, provavelmente na esperança que com a pressao de apanhar o voo e nao perder a oportunidade se aceitasse uma proposta absurda. Nós (eu....) e os advogados imediatamente dissemos “well, if that’s your understanding, then it’s wrong and we have no deal. It’s that simple.” E pronto. Estivemos depois até às 23h30 a tentar arranjar alternativas, mas já não era possível. Em termos profissionais, passar por uma experiência destas, em que se tem de decidir (ou aconselhar o cliente a decidir) entre aceitar um mau negócio mas que no curto prazo permite avançar ou esperar por uma melhor proposta mas que no curto prazo implica perder uma optima oportunidade, é muito, mas muito mais “formativo” do que qualquer coisa que se leia num livro ou ouça num seminário. “There are no free lunches”, “Trust no one”, “Trust your instincts”, ªIf something sounds too good, it probably is”, etc...
 
Ÿ           Das 23h30 às 2h30 a reunião já foi em casa de um dos advogados, um apartamento inacreditável, em cima do Suzhou Creek, sem divisões, uns 200m2 num edifício antigo chinês. 5 pessoas, 7 garrafas de vinho. Discutiu-se o que tinha corrido mal, o que se ia fazer, o programa nuclear norte-americano nos anos 40, as hipóteses da Hillary Clinton ser a próxima presidente dos EUA e a evolução da indústria da moda no início do século XX. Coco Chanel, Elsa Scaparelli, etc... Não, não se preocupem. Continuo a preferir bola. Casa às 03h15. Uma fatia de pizza (relembro, Pan Pizza, individual, fria) e 4 copos de vinho.

 

Correndo o risco de me repetir,

 

Un-freakin-believable.


publicado por JNA às 05:20
link do post | dissertar | favorito
|
1 comentário:
De Tony hao a 29 de Agosto de 2007 às 09:42
Tudo mto bem!
mas ficámos com os contactos da miss chanel?? até ja podem discutir a evolução da moda no inicio do sec XX


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.dissertações recentes

. Ano Novo, Blog Novo

. 64 Fotos NZ

. Nova Zelândia, resumo da ...

. Chuck Norris

. Quase, quase 11 meses

. O smog nao engana

. Parece que Portugal e des...

. Let's go to the movies

. Decisoes, decisoes

. Quero o meu quarto, a min...

.dissertações anteriores

.tags

. todas as tags

.outros dissertadores

.My Visual DNA

Read my VisualDNA Get your own VisualDNA™
blogs SAPO

.subscrever feeds