Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

Tofu? Adoro.

Experimentem dizer a um Chinês que não gostam de comida chinesa. A sério. Tentem. Para verem o enxerto de porrada verbal (com sorte) com que são presenteados. Na semana passada, a caminho de Hongqiao sabe Deus para voar para onde que eu já não me lembro, tenho a iluminada ideia de abordar a questão com a Yuyu. Perceba-se em nota prévia que andava a dormir mal há coisa de 4 dias consecutivos, por obra e graça de cortinas que não fecham totalmente (há sempre aquela nesga que de noite até parece insignificante mas que de manhã se revela tão mortífera como um Jack Bauer acabado de vir dos chineses) e de dois projectos que decidem acabar quase ao mesmo tempo socorrendo-se da mesma mão-de-obra portuguesa altamente qualificada (q.b. pronto) e minimamente remunerada (pelo menos pela empresa, que pelo Estado Português já não posso dizer o mesmo). Mal-disposto e a precisar de 2 semaninhas nas Phi Phi, ou, do mal o menos, em Hainan, resolvo, não sei a que propósito, comunicar alto e bom som que “não gosto de comida chinesa”. Foi o Carmo e a Trindade, que aqui em Shanghai deve ser a Jinmao e a Pearl Tower. Que era impossível, que todos os estrangeiros que ela conhecia adoravam comida chinesa (tenho ideia de ela ter dito inclusive que era a preferida desses indivíduos), que eu era uma besta (não disse mas pensou), que eu não experimentava sequer (eu, que ando a comer alforreca, pepino do mar, uma coisa que nem é planta nem animal e demais “very local, very special dishes” que me apresentam), que não podia dizer que era má (não disse, mas não deixa de ser curiosa a vontade de insultar o opinador adulterando a opinião expressa), etc... E depois claro, aquilo resvala para o cuspir na rua, arrotar no elevador, comer de boca aberta e demais “diferenças culturais”, o que só amarga e agudiza a “troca de impressões”. Bem, lá fizemos as pazes à volta de um Big Mac no aeroporto, para a menina claro, que a mim nunca me apanhavam a insultar qualquer cozinha que fosse e depois a comer algo que nem numa cozinha é preparado. Mas pronto. Foi a caminho de Jinan. Evidentemente seria previsível que no dia seguinte seria presenteado com a melhor refeição desde que estou na China, culminada com as já três vezes mencionadas ameijoas, que não eram à Bulhão Pato mas apresentavam a tal salsa (ou coentros que a minha habilidade gastronómica culminou nos ovos mexidos, com queijo atenção, o meu Peter Principle temo eu) que lhe conferia um gostinho que, fechando os olhos (e já agora o nariz e os ouvidos) parecia que estava na Marisol com a Filipa, a Raquel e o Carlos a comer as inevitáveis à BP, mais o polvo à lagareiro, a salada do mesmo e os caracóis. Como quem diz, estás a ver, a comida chinesa é boa. Tu é que és, adivinha, uma besta. Acontece que falar de comida chinesa é o mesmo que falar de comida europeia (há para lá muita coisa metida). Uma cozinha de Yunnan é algo que não ofende (pelo contrário) enquanto que da cozinha de Xinjiang consigo retirar prazer assinalável (raios parta os noodles e as espetadas que são mesmo bons), o mesmo não sucedendo, e daí a minha má vontade, com a cozinha Shanghainense e a cozinha Cantonense, precisamente as duas mais comuns nesta bela cidade à beira do Huangpu plantada. Bonito, bonito foi quando lhe disse que gostava de todas as cozinhas asiáticas – Vietname, Tailândia, Japão, ... – excepto da Chinesa, a isto se chama passar álcool na ferida e depois estranhar que o paciente se queixe e nos espete com a garrafa no meio dos olhos. Claro que com os clientes a conversa é outra – pepino do mar? Delicioso, só não como todo porque, infelizmente, já meti ao bucho todo um menu do KFC antes. Pois, é pena, é. O carneiro quase cru com pele? Fantástico, só lamento é ter comido demasiada alforreca antes, senão até repetia. Tofu? A sério? Parece que me lê os pensamentos que era mesmo o que me estava a apetecer...

 

Pequim amanhã. Ir às 11, voltar às 21. Se a apresentação final do projecto correr bem, há Attica à noite. E até almoço comida chinesa na sexta.

 

Noodles e espetadas claro...


publicado por JNA às 16:25
link do post | dissertar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.dissertações recentes

. Ano Novo, Blog Novo

. 64 Fotos NZ

. Nova Zelândia, resumo da ...

. Chuck Norris

. Quase, quase 11 meses

. O smog nao engana

. Parece que Portugal e des...

. Let's go to the movies

. Decisoes, decisoes

. Quero o meu quarto, a min...

.dissertações anteriores

.tags

. todas as tags

.outros dissertadores

.My Visual DNA

Read my VisualDNA Get your own VisualDNA™
blogs SAPO

.subscrever feeds